Blog

27
Nov'17

As vitaminas e minerais presentes no mel

0 comentário(s) Mel
As vitaminas e minerais presentes no mel

O mel é uma solução supersaturada de açúcares (principalmente glicose e frutose), mas também possui outros constituintes que mesmo em pequenas concentrações, fazem do mel um produto muito rico em vitaminas, minerais, composto fenólicos e enzimas. É um produto natural de abelhas obtido a partir do néctar das flores (mel floral), de secreções de partes vivas das plantas ou de excreções de insetos sugadores de partes vivas das plantas. Ele é um alimento muito rico e de elevado valor energético, por ser constituído de açúcares simples como glicose e frutose, sua passagem do tubo digestivo para a corrente sanguínea e desta para o interior das células onde é metabolizado, não requer muitas transformações por sucos, enzimas, etc, e a sua entrada no metabolismo celular é relativamente rápida.

A ação do mel sobre o organismo humano deve-se não só à sua alta ação energética, mas especialmente às enzimas, vitaminas e a presença de elementos químicos importantes para o bom funcionamento do organismo, os oligoelementos. Este produto natural possui a maioria dos elementos minerais essenciais para o organismo humano, especialmente o selênio, manganês, zinco, cromo e alumínio. A composição do mel depende, principalmente, das fontes vegetais das quais ele é derivado, mas também de diferentes fatores, como o solo, a espécie da abelha, o estado fisiológico da colônia, o estado de maturação do mel, as condições meteorológicas por ocasião da colheita, entre outros.

No mel foram identificados potássio (K), magnésio (Mg), sódio (Na), cálcio (Ca), fósforo (P), ferro (Fe), manganês(Mn), cobalto (Co), cobre (Cu) e outros minerais. O potássio é o elemento principal no mel (representa cerca de 45 a 85% do conteúdo mineral total), excedendo o conteúdo dos outros minerais em várias ordens. Uma correlação alta também foi verificada entre os conteúdos de potássio e magnésio. Sabe-se que a cor do mel está diretamente relacionada com o conteúdo de minerais, logo méis mais escuros tendem a conter mais minerais do que méis mais claros.

 No mel há, além dos minerais, a presença das vitaminas como a niacina, riboflavina (vitamina B2),tiamina (vitamina B) ácido pantoténico, vitaminas do complexo B, vitamina C, D e E. A presença de vitaminas no mel é proveniente do pólen.

Enfim, o mel é um alimento rico em nutrientes e que por isso deve sempre estar presente em uma alimentação saudável e balanceada.

REFERÊNCIAS

1. Silva,R.A; at all.Composição e propriedades terapêuticas do mel. Alim. Nutr., Araraquara v.17, n.1, p.113-120, jan./mar. 2006

2.Epifânio,A.F.R.P. Determinação de metais pesados em mel nacional por espectrometria de absorção atômica. Universidade Técnica de Lisboa. 2012.

NEWSLETTER
Assine nossa newsletter e receba dicas e novidades!